ta sempre a par das novidades

quarta-feira, 16 de abril de 2014

/eu não


"Eu
Não me vejo nessas falsas realidades
Não me leio nas palavras sem verdades
Nem me encontro em frente ao dedo acusador
Do temor

Eu
Sou um pássaro que procura a liberdade
Por entre os medos desumanos da sociedade
Sou um monstro aos olhos negros sem amor
Do terror

Sou dor
Horror

Sou desamor

Oh Desamor..."

quarta-feira, 2 de abril de 2014

/memórias esquecidas

Rasga a página que escrevi. 
Apaga tudo o que disse no passado. 
Solta as folhas ao vento e queima as lembranças que prometi e nunca alcancei. 
Deixa o passado escondido no breu da caixa de sapatos das memórias, dos sapatos que já não nos servem, dos sapatos que perdemos à meia noite fugida numa escadaria do tempo perdido e agora já não nos servem. 
Olha para o futuro e dá um passo em frente. O segundo virá naturalmente. 
E quando deres por ti estarás num caminho só teu, longe de mim, mas seguindo as setas em direção ao destino certo... O mais certo de todos...