ta sempre a par das novidades

quarta-feira, 16 de abril de 2014

/eu não


"Eu
Não me vejo nessas falsas realidades
Não me leio nas palavras sem verdades
Nem me encontro em frente ao dedo acusador
Do temor

Eu
Sou um pássaro que procura a liberdade
Por entre os medos desumanos da sociedade
Sou um monstro aos olhos negros sem amor
Do terror

Sou dor
Horror

Sou desamor

Oh Desamor..."

Sem comentários:

Enviar um comentário