ta sempre a par das novidades

sábado, 16 de março de 2013

/ do outro lado do espelho


Hoje olhei para o espelho e não me vi do outro lado. Tentei encontrar me escondido pelos limites daquela passagem, emoldurada, para o mundo melhor e não me encontrei. Do outro lado do espelho a vida deve merecer mais a pena, tanta que saltamos ao simples compromisso de nos encontrarmos connosco próprios. Quem sou eu para lutar por mim contra um país encantado? Quem sou eu contra rainhas e lebres de março?
Um dia olharei para o espelho e voltarei a ver-me, mas trarei o sorriso no rosto que hoje perdi.

Sem comentários:

Enviar um comentário