ta sempre a par das novidades

sábado, 16 de março de 2013

/sede de um fruto proibido

Primeiro os olhos prendem se, a respiração torna se mais profunda e mais pesada. O magnetismo não se pode controlar, os cheiros tornam se mais intensos e dou por mim com o olhar perdido naqueles gomos de carne rosados e tenho sede de os provar de um trago. Tenho vontade de os trincar e de os humedecer. Boca na boca. Td o corpo reage como um td. E tudo parece perfeito e uno, quando os dois corpos viram um naquele momento mágico em que as duas bocas se tocam. eu sei que não quero parar e que a noite é minha eu sei que ag é tb o corpo que beija, e a respiração acelera, e o pulsar do peito acelera e o sangue corre para onde é mais preciso e o corpo ganha nova forma; hirto firme rijo sedento... e a noite é só minha, é só nossa.

Sem comentários:

Enviar um comentário