ta sempre a par das novidades

terça-feira, 19 de abril de 2011

/bahhhhhh

Após uma série de interrogações feiats a mim proprio cheguei à conclusão que estou farto de estar sozinho.... de dar e querer dar ainda mais e nunca receber nada e sentir que ninguém querreceber o que tenho para dar; estou farto dalágrima presa por dentro, desjosa de escorrer pela face mas que nunca cai e magoa ainda mais; estou farto de "talvez" e ainda mais farto dos "quases"; estou farto de lugares comuns e de ser apenas mais um...

Estou farto de ser gordo de mais ou bonito de mais ou normalinho de mais ou feio de mais ou baixo de mais ou confiante de mais ou inseguro de mais ou...

Estou farto é de ser o mal da insegurança dos outros; e também do fatalismo de relaçoes passadas. Farto de comparações e de ser repelido por medos de um passado que podera regressar.


Eu sou diferente...


sério...


... nunca tive ninguém, nunca tive nada com ninguém

... nao sofro de uma relação que correu mal porque não a tive

... também não sou um qualquer tarado que apenas pensa em sexo - sou praticamente virgem


Não sou um tipo que quer usar ninguém pois o que preciso é de um relação, de algo estável... sei lá... sei que sou eu quem erra, mas não sei onde como e porquê...


Todos sofrem do mesmo mal! Ninguém tem coragem de encarar a vida com a naturalidade que ela merece.

Se cais levantas-te e segues por um novo caminho.

As pessoas têm medo de partir, com medo de cair pois aí vão-se aleijar e têm também medo de nao conseguirem erguer-se de novo e ainda medo de demorarem a encontrar um novo caminho! Então ficam paradas estáticas inertes... sem vida... sem presente...


Devíamos somente pensar em seguir em frente e não estar parado... este pode ser o caminho certo, a escolha acertada...


Porquê tanto medo? Se se cai levanta-se... Toda a gente sofre por antecipação e ainda obrigam os outros que querem andar e mover-se e seguir em frente a tropeçar neles que não se movem e a sofrer também!


"levanta-te e anda" mexam-se!!!!!!


O futuro encontra-se à frente e o passado está já atrás e o presente é um mero instante de tempo e quem luta pela inércia não tem presente, não tem vida!

Sem comentários:

Enviar um comentário